quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

E não é? Não paro de pensar aqui: O primeiro assaltante do "mensalão mineiro tucano" está condenado a 20 anos de cadeia. \o/
Fiquei satisfeitíssima com a decisão da Juíza de Minas Gerais. Uma decisão que poderá ser reformada em instância superior. Não importa.
Tivemos anos e anos sem que nada tivesse acontecido aos moçoilos das Alterosas.
----------------------

Nas entrelinhas: a reunião do STF é marcada por dois necrológios: Gilmar Mendes morre definitivamente, auto-emitindo seu atestado de óbito, ao abandonar a sua confortável poltrona antes do fim do filme. O outro: Dias Toffoli, o analfabeto em letras jurídicas e desconhecedor da História política do País, simplório bacharel, sem cursos e títulos, mais de uma vez processado por uso indevido de dinheiros públicos, ligado à Casa Civil da Presidência na sua fase mais negra, defensor de políticos "ficha suja", seus gritos histéricos de hoje eliminam qualquer possibilidade de ser levado a sério e em conta. Não há como negar que os bons companheiros já partiram ou estão partindo. Fica uma escória. A partir de agora não há mais desculpa. O fantasma do impedimento foi enterrado. Então, Dona Dilma, comece a governar e seja competente.
Entao,meus adoraveis comaradas...
Um dia mal começado, com notícias de uma mudança de posição do ministro Fachin, com um voto que teria vazado. Oportunidade para mostrar-se o jurista que ele não é; bom aluno, tirou cópias da lição de casa que preparou com cuidado, distribuindo-as aos professores da banca. Comprova que não é jurista e nem tem estatua para ser ministro do STF. Homens de toga, juízes ou mestres acadêmicos, eles a querem bem-passada e lustrosa. Zelam por não tropeçar na vaidade que os alimenta. Amanha prosseguirá o show, com os pronunciamentos de todos os que deveriam ser e não são mestres do Direito. O que se pode prever? O temor de serem acusados pela crise, agravando os problemas e desequilíbrios. O que compete ao povo está sendo feito e muito bem feito: as manifestações de hoje provam isso. Que o Governo faça agora o que lhe compete e se supere, pois a sua competência não tem sido exemplar. O silêncio de seu Ministro da Comunicação Social, em momento como esse, comprova um alto índice de incompetência. Aguardemos.