sexta-feira, 18 de dezembro de 2015


A saída de quem não deveria ter entrado onde nunca entrou (Levy jamais entrou no Governo, ele pretendeu ser o governo,já que tinha o mandato do Bradesco),causa de satisfação grande. Ao mesmo tempo, de preocupação. Lula não soube escolher bem, e Dilma,bastante dubitativa:
com seus muitos palacianos de uma estupidez notável. Dos nomes em cogitação, nenhum deles merecendo muita consideração. Invitável: ninguém pensa em Belluzzo, ou em Carlos Lessa, que afinal o Mercado Deus dos Deuses não apreciaria. Afinal,o povo elege e os bancos governam.
Boa noite.