quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

ESTAMOS NO VERÃO E AS ANDORINHAS ESTÃO CHEGANDO É imperioso recriar a imprensa no Brasil, pois precisamos de informações e de troca de ideias. Só uma imprensa liberta dos interesses econômicos poderá cumprir essa missão e propor caminhos, unir esforços de gente de boa-vontade. A consciência disso nos anima a escrever, a criticar, elogiar e sugerir. As redes sociais criaram um instrumento excepcional para isso, disponível para quem esteja animado de boa-vontade e tenha olhos para ver. Propondo minhas ideias e convicções, estou compartilhando, formando grupos de companheiros, e ouvindo, aprendendo e divulgando. É um caminho que permite a retribuição de obter-se a sensação de uma missão cumprida. É forma eficiente de sermos os braços que estão demolindo a casa grande e pondo as elites anacrônicas em seu devido lugar, à margem da História. A sabedoria do povo ensina que o verão não se faz com uma andorinha, mas com a revoada delas. O Barão de Itararé promove esse encontro, incentiva na criação do enxame de ideais e vozes, cada vez mais abalando preconceitos, sugerindo caminhos. Não nos cabe inventar, mas contar e confirmar aquilo que todos sabem: vale a pena ser gente - com dignidade.