domingo, 13 de novembro de 2016

15\11\16
Fiquem sabendo... O Presidente da Frente Parlamentar da Silvicultura, deputado federal Newton Cardoso Jr (PMDB/MG) foi indicado pelo Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, relator do Projeto de Lei que regula a aquisição de terras brasileiras por estrangeiros (PL 2289/07). O governo de Michel Temer não se limita a desnacionalizar a Petrobrás. Ele e seus comparsas estão vendendo o território nacional, tomados de furor que faz inveja aos "meninos de FHC".
Cogitado para ocupar o Ministério da Defesa de Michel, Newton Cardoso Júnior é o herdeiro da história política de seu pai, Newton Cardoso, hoje posto à margem pela Lei da Ficha Limpa, depois de ter sido prefeito de Contagem, governador e senador. Exemplo gritante do indivíduo que faz polpitica para enriquecer: "Newton Cardoso, também conhecido como "Newtão" e "Trator" (Brumado, 22 de maio de 1938), é um político brasileiro. Foi prefeito de Contagem de 1973 a 1977, de 1983 a 1986 e de 1997 a 1998. Também foi deputado federal no período de 1979 a 1983, de 1995 a 1996 e de 2011 a 2014. Governou o estado de Minas Gerais de 1987 a 1991, e foi vice-governador de Minas Gerais de 1999 a 2003, no governo do Itamar Franco." Em 2009, o jornal O Globo de 19 de janeiro, denunciou que o patrimônio de Newton está avaliado entre 2,5 e 3 bilhões de reais, incluindo mais de 100 fazendas, aviões, imóveis, contas em paraísos fiscais e um hotel em Paris, o Residence des Halles. O valor é duzentas vezes maior que o declarado à Justiça Eleitoral durante sua campanha ao Senado três anos antes.
Newton Jr. (PMDB-MG) e seu pai, usaram empresas offshores abertas com a ajuda da Mossack Fonseca para compra de um helicóptero no valor de 1,9 milhão de dólares (cerca de 8 milhões de reais) e um flat em Londres ao custo de 1,2 milhão de libras (6,3 milhões em valores corrigidos).
O pai não cabe em si de tanta satisfação. "Meus eleitores me cobravam um sucessor", diz ele. Não à toa, o município em que o Júnior mais recebeu votos (20%) foi Contagem, berço da carreira política do patriarca. Outra base eleitoral é o Centro-­Oeste, onde se encontra parte do conglomerado empresarial da família. Newtão pai é um homem riquíssimo. Durante o processo de separação de Maria Lúcia, a ex-mulher estimou sua fortuna em 2,5 bilhões de reais. Mas o próprio ex-governador ressaltou, em 2009, que seu patrimônio era ainda maior, incluindo 145 fazendas e 150 carros. O filho declarou ao Tribunal Superior Eleitoral bens no valor de 1,7 milhão de reais.
Rodrigo Maia, aquele mesmo que foi posto na Presidência da Câmara Federal com votos do PT, tem o bom-sendo de escolher um bandido para preparar toda crise que o PMDB pretende, loteando o Brasil.
13\11\16
CRÔNICA DA MORTE ANTECIPADA:
o cheque nominal para Miguel Temer, o "mequetrefe" que não será defenestrado e nem punido. Nos primeiros dias do janeiro próximo, o seu "republicanismo" o conduzirá à renúncia, pelo bem da Pátria: "se é para felicidade e o bem de todos, digam ao povo que sai para fora: FORA TEMER."
De acordo com Otávio Azevedo, ex-presidente da empreiteira, o repasse de 1 milhão, em 10 de julho de 2014, refere-se ao acerto de propina por acordos firmados da empresa com o Governo. O empreiteiro também ficou em uma situação delicada, uma vez que o cheque em nome de Temer, contradiz um de seus depoimentos prestados à Justiça, em setembro. Na época, afirmou que o montante equivalia a uma propina de 1% de contratos, e que a doação teria sido feita ao diretório nacional do PT, e não ao peemedebista. Mentiu.



Queimar uma criança...como assim? É a essência irracional e perversa praticada por seres humanos.
A tolerância para com a violência de pistoleiros contratados pelo "senhores das terras" explica. E basta! Bandidos são feitos senadores da República: Caiado de Castro não é um só. Existem algumas/muitas dezenas deles, comandando o Centro-Oeste, o Norte e o Nordeste. Os índios, crianças, adultos, velhos, uma etnia vai sendo consumida, para que exportemos soja, carne e madeira. Malditos sejam.
E as “pessoas de bem” e bem informadas acreditam que existe “muita terra para pouco índio” e, principalmente: o progresso no campo é o agronegócio. Que modernos são a CNA e a Kátia Abreu(não devemos esquecer)


---------------

Colocando o dedo na ferida: tropa não avança, não espanca e nem mata, se não tiver o "estímulo" que a drogue. Isso é tão velho quanto a sombra nefasta da guerra. “O fato de a Blitzkrieg ser movida a drogas não é tão surpreendente. Todos os exércitos usaram drogas para estimular seus combatentes, eliminar o medo e o cansaço e conseguir mais rendimento, mas a Wehrmacht,solicitando aos laboratórios 35 milhões de comprimidos, foi a primeira força armada do mundo que usou uma droga química tão generalizada. Começava uma nova forma de fazer guerra”.
A PM, em São Paulo, primeira no número de espancamentos do povo e dos jovens, está plagiando a violência demente do nazismo.
O que vocês pensam sobre ...?


-------------------
Notícia intrigante: "Delatores que omitiram informações, propositalmente ou não(para a Operação Lava Jato) serão convidados a depor novamente nas próximas semanas. Entre eles,representantes das empreiteiras Camargo Correa, Queiroz Galvão e Andrade Gutierrez que deixaram de detalhar supostos esquemas de propina pagos para tocarem obras de responsabilidade dos Governos de São Paulo e de Minas Gerais quando eram administrados pelo PSDB. Obras realizadas nos Governos paulistas deJosé Serra, Geraldo Alckmin e no mineiro de Aécio Neves estariam na mira dos investigadores".
Como todos sabem, os "procuradores da República" são homens de muita fé, ledores assíduos da Santa Bíblia. Identificaram LULA como encarnação do DEMO e pretendem conduzi-lo às profundezas do mundo das trevas. Mas, e se vão tomando gosto pela fama, pelo dinheiro e pelo poder? Punirão de fato os que os criaram e financiaram? Atacarão agora os gentis-homens do PSDB? E, uma vez todos destruídos, o que esses anjos vindos do céus farão? Tomarão o PODER! Preparemo-nos.
Eu guardo apenas o meu velho "bacamarte"...

------------
Michel Pequeno é honrado com a visita do presidente da Shell, que veio ao Brasil para receber as chaves da Nação. Afinal, o País é o País do Carnaval e Michel é o seu Pequeno Rei Momo. As declarações do homem da Concha foram praticamente um agradecimento ao governo Temer por abrir o mercado do pré-sal, grande riqueza do País, o que beneficia diretamente as multinacionais estrangeiras como a Shell. Ben van Beurden anunciou ainda que a petrolífera vai investir US$ 10 bilhões no Brasil ao longo dos próximos quatro anos. O anúncio é feito imediatamente após a aprovação, pelo Congresso Nacional, das mudanças nas regras de exploração do pré-sal.